TOP 5: Hits do Stromae

9 de março de 2017 às 12:06

O belga Stromae representa uma multidão de jovens, fãs de suas músicas com batidas eletrônicas e nuances de hip-hop. Sucesso na Europa e também no Brasil desde que Alors on Danse invadiu as pistas por aqui, em 2011, ele compõe suas músicas em francês e sempre inventa um clipe criativo onde pode mostrar seu jeitinho descolado e estiloso. No ano passado, foi condecorado com a Grande Médaille de la Francophonie da Academia Francesa, instituição que tem o intuito de preservar a língua francesa, o que mostra a sua relevância no cenário musical moderno. Conheça a história das principais canções e voilà fazer biquinho pra cantar:

Alors on Danse

Lançada em 2009 na Bélgica, no ano seguinte já começou a tocar no resto da Europa e esteve no topo das mais ouvidas em países como França, Itália e Suíça. A batida eletrônica e o refrão repetitivo que dá nome à música fizeram dela uma escolha certeira para animar noitadas mundo afora. A letra é um convite para dançar e esquecer os problemas da vida.

 

Papaoutai

O hit faz parte do segundo álbum de Stromae, Racine Carrée, e o título é uma simplificação da pergunta em francês “papa où t’es?”, em português, “papai, onde está você?”. Apesar de ter uma batida dançante, a letra não é feliz, e faz referência ao pai do cantor, que era africano e foi morto em 1994 em um genocídio de Ruanda.

 

Tous les mêmes

Levantando estereótipos de gênero ditos por homens e mulheres, a música faz uma crítica sobre os clichés que circulam na sociedade. O vídeo é um dos mais criativos do cantor, e traz Stromae vestido de mulher em somente uma face de seu corpo, enquanto a outra continua masculina. Durante a letra, algumas frases lugar-comum são repetidas como uma provocação.

 

Ave Cesaria

A música presta homenagem a Cesária Évora, que foi uma das mais tradicionais cantoras de Cabo Verde. Stromae quis homenageá-la depois de tê-la visto cantar no Festival Sakifo, na Ilha da Reunião, um território ultramarino francês que fica no Oceano Índico. A ideia era fazer um dueto com a cantora, mas ela acabou falecendo 7 meses depois. O refrão da música é, inclusive, em crioulo, a língua oficial de Cabo Verde.

 

Ta fête

Seguindo a mesma tradição de músicas agitadas e com várias intervenções eletrônicas, a canção, que faz parte do segundo disco, foi escolhida para representar a seleção belga de futebol na Copa do Mundo de 2014. O video clipe mostra uma cena de fuga com vários obstáculos que começam a emergir da terra em um estádio de futebol, enquanto uma torcida assiste o fugitivo, interpretado por Stromae.