Pular para o conteúdo

Top 5: Livros contemporâneos em francês

23 de abril de 2021 às 10:07

Clássicos são sempre clássicos, mas que tal ler um livro contemporâneo em francês?

Fizemos uma lista com 5 livros contemporâneos em francês pra você praticar o idioma e mergulhar em novas histórias e conhecimentos. Esses 5 autores são incríveis e suas obras mostram todo o potencial da geração mais recente de escritores francófonos. Vale a pena conferir!

 

1 – La vérité sur l’Affaire Harry Quebert (2012) – Autor: Jöel Dicker 

joel dickens_livro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Jöel Dicker é um escritor suíço, francófono, de apenas 35 anos. Entre suas obras de sucesso, está o best-seller “La vérité sur l’Affaire Harry Quebert”, que venceu o Prêmio Goncourt de Lycéens (2012) e o Grande Prêmio de Romance da Academia Francesa. Só na Europa foram mais de 2 milhões de exemplares vendidos.

O livro de suspense conta a história de Marcus Goldman, um jovem autor que alcançou grande sucesso com seu primeiro livro, mas está sofrendo com um bloqueio criativo. Ele procura, então, seu ex-professor de faculdade, Harry Quebert, um dos mais renomados escritores americanos, que vive em uma mansão à beira-mar na pequena cidade de Aurora, em New Hampshire. A trama toma um novo rumo quando Marcus é surpreendido pela descoberta do corpo de uma jovem de quinze anos, Nola Kellergan enterrada no jardim de Harry. Decidido a ajudar seu mentor, Marcus se lança em uma investigação.

 

2 – Charlotte (2014) – Autor: David Foenkinos

charlotte_livre

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

David Foekinos é mais conhecido pelo livro “La Délicatesse”, que foi adaptado ao cinema e estrelado por Audrey Tautou. “Charlotte” é uma obra menos conhecida, mas não menos emocionante. Inspirada na vida e obra da pintora alemã Charlotte Salomon, ele narra a história de uma jovem judia, que vê seu mundo desmoronar com a ascensão do Nazismo. Ela é obrigada a abandonar sua vida em Berlim e fugir para o sul da França, onde achava que estaria salva, sem nem imaginar que a França também seria ocupada.

 

3 – La vie devant soi (1975) – Autor: Romain Gary

la-vie-devant-soi

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vencedor do prêmio Goncourt de 1975, este livro tornou-se um dos romances franceses contemporâneos mais vendidos. A história se passa na periferia de Paris, onde Momo, um jovem órfão e muçulmano vive sob os cuidados de Rosa, uma senhora idosa judia. No começo, a relação entre os dois é bastante conturbada. Momo detesta viver com Rosa, mas aos poucos o garoto vai percebendo que ela é na verdade a única pessoa no mundo com quem ele pode contar.

 

4 – Aprendre à Vivre (2008) – Autor: Luc Ferry 

luc_ferry

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O que é a filosofia? Tem gente que ama, tem gente que nem sabe o que é, mas acha chato. Nesse livro, Luc Ferry explica de maneira fácil e clara o que é a filosofia, suas diferentes correntes, pensadores e métodos. O autor consegue mostrar aos leitores como a filosofia está intimamente ligada às nossas escolhas pessoais.

 

5 – Les Adieux à la Reine (2002) – Autora: Chantal Thomas

chantal thomas

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A escritora Chantal Thomas é a mais nova ocupante de uma cadeira na Academia de Letras da França. Em 2021, ela se tornou a décima mulher a alcançar tal prestígio. Entre suas obras mais conhecidas, está “Les Adieux à la Reine”, um romance histórico retratado pelo olhar de Laborde, uma fiel súdita e Leitora oficial da rainha Maria Antonieta. Laborde tem como função selecionar trechos de livros e fazer essas leituras para a rainha, que a convocava em diversos momentos do dia e da noite para se distrair. De dentro dos aposentos reais, Laborde se torna testemunha dos acontecimentos trágicos e pitorescos que antecederam a Revolução Francesa.

 

VEJA MAIS:

LANÇAMENTO DO PRIMEIRO DICIONÁRIO DOS FRANCÓFONOS
• QUAIS SÃO AS MODALIDADES DE CURSOS OFERECIDAS DURANTE A PANDEMIA?
• PLURILINGUISMO: A VANTAGEM DE FALAR MAIS IDIOMAS