Os lugares preferidos de Serge Gainsbourg

1 de março de 2018 às 17:07

Serge Gainsbourg, o rei dos boêmios, completa 27 anos de sua morte no dia de hoje, 2 de março. Ele, que não teve medo de ousar na música, misturando gêneros e batidas, é lembrado até hoje, como visto nos grafites que adornam a sua casa, no 7 arrondissement. Aqui estão alguns lugares em que Serge costumava perambular em Paris, para você matar a saudade dele!

L’Hôtel

img_7312

Este pequeno 5 estrelas na Rue des Beaux-Arts serviu para que Serge compusesse seu álbum Histoire de Melody. Lá, ele ficou hospedado com sua companheira, Jane Birkin, onde também viu sua filha, Charlotte Gainsbourg, dar seus primeiros passos.

Le bistrot de Paris

store

Serge tinha como hábito frequentar o restaurante, e de tanto apreço que tinha pelo lugar, escolhia sempre a mesma mesa, a de número 46, bem em frente ao bar. Os fãs do músico podiam encontrá-lo facilmente, acompanhado de amigos como Jacques Dutronc, ou mesmo da filha, Charlotte.

Casa de Juliette Greco

juliette-greco-serge-gainsbourg-100__v-img__16__9__xl_-d31c35f8186ebeb80b0cd843a7c267a0e0c81647

Amigo próximo de Juliette, Gainsbourg deve a letra de La Javanaise a uma noite um tanto louca na casa da cantora e atriz, na Rue de Verneuil. Depois de dançarem e tomarem alguns bons drinks, Serge enviou a letra da chanson que foi um de seus maiores sucessos, inspirada sobretudo na noite divertida que teve com Gréco.

A casa de Gainsbourg!

maison

É certamente um endereço incontornável para os fãs, também na Rue Verneuil. Foi o último endereço do cantor, que permaneceu lá até sua morte, em 1991. É fácil de reconhecer a fachada, toda grafitada e carregada de declarações feitas pelos admiradores.

Veja outros adresses aqui.