Por que o francês é cheio de expressões sobre comida?

7 de janeiro de 2019 às 18:41

A França é reconhecida por seu apreço pela gastronomia. Não é a toa que o país tem tantos chefs de cozinha reconhecidos mundialmente. Essa paixão culinária está tão presente na cultura dos franceses, que tem reflexos nas frases e ditos populares que eles utilizam. Veja algumas expressões idiomáticas peculiares com alimentos em francês:

C’est la fin des haricots

Esta frase é traduzida literalmente como “é o fim dos feijões”. Voltada principalmente para a questão financeira, a expressão é usada quando o dinheiro está curto. A raiz vem da história infantil João e o Pé de Feijão. No conto, os feijões foram o último alimento quando todos os outros desapareceram. Logo, dizer que acabaram os feijões significa que não restou nada.

feijao

Ramener sa fraise

Em francês, quando alguém “traz o seu morango”, a pessoa está querendo se intrometer em uma conversa sem ser chamada. Como os franceses prezam muito pela educação, vão dizer isso sempre que se sentirem incomodados. Eventualmente, essa frase também pode ser usada para convidar alguém para participar da conversa, ou seja, trazer seu morango.

En faire tout un fromage

O queijo é algo que está na base da alimentação dos franceses e não poderia faltar na nossa lista. “Fazer todo um queijo” sobre algo simboliza a ideia de que as pessoas pegam um problema e o deixam fora de proporção. O equivalente em português seria a nossa “tempestade em copo d’água”.

queijo

Ce n’est pas de la tarte

A expressão em francês “não é uma torta” dá a ideia de que uma tarefa vai ser difícil. Eles estão tão habituados a cozinhar e comer tortinhas, que incluíram a sobremesa no seu vocabulário figurativo. A imagem de bolo ou torta dão a ideia de facilidade, ou seja, quando uma coisa não é uma torta, acaba sendo azedo e difícil.

La moutarde lui monte au nez

Os franceses gostam tanto de mostarda que até possuem um tipo especial, que é produzido em Dijon e exportado para o mundo todo. Essa expressão pode ser traduzida literalmente para “a mostarda subiu no nariz dele”. A imagem que a expressão passa é daquela ardência do tempero. Por isso, o uso da frase é para passar a sensação de raiva e irritação.

mostarda

 

LEIA MAIS: