TOP 5: Filmes sobre maio de 68

4 de maio de 2018 às 10:55

Os protestos estudantis de Maio de 68 completam cinquenta anos neste mês. Na época, estudantes de Paris saíram às ruas pedindo melhorias na educação do país, mas o movimento cresceu e evoluiu para uma grande greve de trabalhadores. A efervescência ultrapassou as fronteiras e conquistou pessoas ao redor do mundo todo, que se inspiraram nos franceses para também cobrar seus governos.

O movimento abalou muitas estruturas e ficou marcado para sempre na história e, como não poderia deixar de ser, inspira artistas até hoje. Por isso, preparamos uma lista de filmes sobre o tema, e alguns deles podem ser encontrados na Biblioteca Claudie Monteil:

maio_1968_protesto_franca

Tout va bien

O filme do famoso cineasta francês Jean-Luc Godard retrata uma jornalista americana e seu marido francês como testemunhas de uma ocupação em uma fábrica de salsicha e reflete sobre a luta de classes e as implicações do capitalismo.

1968

Este documentário de Patrick Rotman trata do momento político a partir de uma perspectiva internacional, relacionando os protestos na França com outros importantes acontecimentos no mundo, como a Primavera de Praga e a Guerra do Vietnã.

1968_patrickrotman_filme_maio68

Milou en Mai

Loucuras de uma Primavera, em português, é um filme sobre os impactos de maio de 68 fora de Paris. O filme de Louis Malle mostra que quando uma família se reúne para o funeral da matriarca, no interior do país, o clima político do país afeta também suas relações.

Les amants réguliers

O filme de Philippe Garrel trata da juventude, grandes protagonistas do movimento de maio. Dois jovens militantes se conhecem em meio aos protestos e confrontos com a polícia e se apaixonam. Um ano depois, desiludidos com a revolução, eles vivem uma rotina de festas, drogas e arte e são tomados por um desequilíbrio emocional e mental.

amants_reguliers_filme_maio68

Mai 68: un étrange printemps

O mais recente da lista veio para mostrar que maio de 68 foi tão importante que o tema está longe de se esgotar. Lançado em 2018, o documentário de Dominique Beaux relata os acontecimentos do emblemático mês do ponto de vista dos que foram questionados, como os policiais, patrões, governantes e militares, por exemplo.