Pular para o conteúdo

Agnès Varda: Conheça a diretora que inspirou a Nouvelle Vague

24 de maio de 2019 às 12:13

A diretora francesa Agnès Varda faria seu aniversário de 91 anos no dia 30 de maio.

Ela teve papel central no cinema de vanguarda e se manteve ativa até o seu falecimento, dia 31 de março deste ano. Cineasta belga radicada na França, Agnès Varda deixou uma vasta filmografia e uma forma muito empática de lidar com o cinema.

Principais filmes de Agnés Varda

O filme que a deixou famosa foi Cléo das 5 às 7, que acompanha uma hora e meia na vida de uma cantora famosa, se misturando com os anônimos da cidade. O filme foi sua primeira participação no Festival de Cannes.

Em 2018, com 90 anos de idade, ela lançou o documentário Visages Villages, feito em parceria com o multi-artista JR. No filme os dois viajam por diversas cidades francesas, em um divertido road-movie de autoconhecimento. O filme foi mais um sucesso de crítica da diretora e recebeu uma indicação ao Oscar 2019.

Engajamento político

Os filmes de Agnès Varda são muito potentes e a diretora nunca escondeu seu engajamento social. Desde seus primeiros filmes ela sempre travou uma luta pelo reconhecimento feminino, escolhendo protagonistas mulheres. Uma vez ela afirmou “Mulheres precisam fazer piadas sobre si, rir sobre si, porque elas não têm nada a perder”.

Ela também realizou um curta histórico em 1968, acompanhando os Panteras Negras americanos. Eles tinham organizado debates de conscientização em torno do processo de um de seus líderes, Huey Newton. A diretora filmou esses encontros para chamar atenção da luta política que eles promoviam.

black-panthers

Casamento com Jacques Demy

Um dos relacionamentos mais celebrados entre os franceses foi o de Agnès Varda e Jacques Demy. Ambos foram companheiros até a morte de Demy, em 1990, compartilhando diversos projetos artísticos.

Varda era incansável na preservação do legado de seu marido. O filme Jacquot de Nantes, por exemplo, retrata a infância de Demy em Nantes. Ela também realizou o documentário O Universo de Jacques Demy, após 1990, mostrando didaticamente os melhores momentos dos filmes do companheiro.

agnes-varda-e-jacques-demy

LEIA MAIS: