Pular para o conteúdo

Dia da Educação – 28 de abril: un grand merci aos nossos professores!

28 de abril de 2020 às 16:58

Homenageamos nossos professores neste 28 de abril, Dia da Educação!

A Aliança Francesa tem como missão fundamental o ensino da língua francesa com qualidade e cultura. Por isso celebramos com nossos professores o Dia da Educação!

Grandes eventos pedagógicos

A AFSP contribui para a política do ensino do francês no país com o Colloque Pédagogique, que chegou a sua 19ª edição em 2020, espaço único para troca e discussão entre profissionais de todo o Brasil. Além de participar com frequência de encontros internacionais sobre o ensino FLE (Français Langue Étrangère).

Formação e treinamento

A estrutura da escola sempre teve como pilar fundamental os nossos professores, que são a base do ensino de francês e da nossa relação com os alunos. Eles realizam constantemente formações e atualizações, visando tornar o conteúdo cada vez mais acessível, sem com isso perder qualidade.

Durante essa quarentena, nossos professores foram essenciais para a transição das nossas aulas para o universo on-line. Devido ao isolamento social, nosso setor pedagógico preparou formações especiais para que as aulas pudessem acontecer na Plataforma Zoom

Mensagem das nossas professoras

 

Daniela Badra

badra

Hoje, neste dia especial que é o Dia da Educação, gostaria de dizer que sem ela seríamos incompletos, fragmentados, sem razão de existir. A educação na minha opinião, é a base de toda a sociedade.
Nesta época de isolamento social só posso dizer que ela está salvando meus dias. Quando eu ensino, eu também aprendo. Compartilhar ensinamentos com meus alunos tem sido algo maravilhoso apesar de todos os desafios. Educação é vida ! Que possamos sempre estar interligados por esta rede de amor que é a educação !
Fiquemos em casa, e sempre estudando !

 

 

 

 Vanessa Oliveira

vanessaApesar de eu, como youtuber, estar acostumada a usar a tecnologia e as redes sociais e a me comunicar diante de uma tela, achei muito desafiador a transição para aulas sem presença física. Achava uma missão quase impossível. Na primeira semana de aula, devido à tensão física e emocional, achei que não conseguiria.
 
Porém, logo me dei conta do quão importante é a nossa função nesse momento. É mais do que ajudar alguém a realizar seu sonho de falar francês, os alunos têm em nós um alento. Tive essa percepção, sobretudo no contato com uma aluna que é médica que dissera que sua rotina era tão pesada, lidar com a morte, a falta de recursos e a dor o tempo todo e que o único momento para esquecer tudo isso era a aula de francês. 
 
Isso me tocou demais e, a cada vez que me lembro dessa aluna e ganho forças imediatamente para continuar a luta e fazer, da melhor forma possível, meu trabalho, como professora e como ser humano.

LEIA MAIS: