Pular para o conteúdo

Top 5: Curiosidades sobre Victor Hugo

26 de fevereiro de 2021 às 13:00

Para comemorar o aniversário de Victor Hugo, que acontece o dia 26 de fevereiro, separamos aqui 5 curiosidades sobre esse célebre escritor da littérature française. Ele também já figurou na nossa lista de Top 5 Clássicos franceses que todos deveriam ler. Ele está sepultado no Panthéon de Paris, monumento dedicado aos heróis da pátria:

Lutou pelos direitos humanos

O engajamento a favor dos mais pobres ultrapassou a literatura. Devido à sua popularidade foi eleito membro da Assembleia Nacional Francesa em 1848 e defendeu pautas como educação gratuita e abolição da pena de morte. Graças ao seu status de grande escritor, conseguiu chamar a atenção do público para questões sociais que já explorava em sua obra. Um exemplo de crítica social presente em Les Misérables é a condenação de Jean Valjean, protagonista do livro, apenas por roubar pão.

Escreveu Les Misérables no exílio

A ilha de Guernsey serviu de exílio para o escritor por 15 anos. Ele teve que fugir da França após o Golpe de Estado de Napoleão III em 1851. Esse período doloroso acabou sendo muito rico para sua criatividade, tanto que foi em sua mansão, disponível para visitas até hoje, que ele escreveu a obra prima Les Misérables. É possível fazer um tour temático pela ilha, situada no Canal da Mancha. No passeio você descobre pontos que inspiraram a obra, bem como os cômodos nos quais o francês se debruçou para escrever este romance histórico.

Técnica bizarre para escrever

Victor hugo tinha uma técnica muito particular para manter o foco e  conseguir escrever sem procrastinar. Ele se despia e entrava nu em uma sala vazia, na qual só estavam disponíveis papel e caneta. A artimanha tinha a função de forçá-lo a prestar atenção somente em sua escrita. Essa técnica foi importante para fazer nascer as mais de mil páginas do seu romance.

Venerado como santo

Não há dúvidas do tamanho da importância de Victor Hugo no ocidente. Mas ele também é, literalmentevenerado no oriente. Ele está entre os santos da religião vietnamita Cao Dai, que mescla Budismo, Taoísmo, Confucionismo e Cristianismo. Os praticantes da religião afirmam que conseguiram se comunicar com o espírito do escritor, e então a devoção começou. Para materializar a fé, uma estátua de Victor Hugo foi construída no templo Cao Dai, na cidade de Tay Ninh.

Vida amorosa conturbada

Casado durante 46 anos com Adele Foucher, Victor Hugo dava suas escapadas e tinha várias relações extra conjugais. Tanto que, durante seu exílio em Guernsey, sua amante, Juliette Drouet, morou perto da mansão do escritor e escreveu nada menos que 22 mil cartas relatando o ciúme que sentia. Haja tempo e sofrência, não é mesmo?

 

 

LEIA MAIS: