Pular para o conteúdo

Top 5: Principais bolsas de estudo na França

9 de dezembro de 2019 às 16:00

A França atrai muitos estudantes por suas universidades de qualidade e bolsas de estudo atrativas

Fazer um curso universitário no exterior é um sonho para muitos brasileiros. A França costuma ser um dos principais destinos, por conta de sua ampla variedade de Universités e Écoles. Desde o ano passado, por conta de uma alteração nas taxas de admissão para estudantes estrangeiros, o governo francês passou a incentivar mais bolsas de estudo. Veja essa lista com 5 bolsas nas quais brasileiros podem concorrer:

Bolsas de Master 2 na região de Nouvelle-Aquitaine

A região francesa de Nouvelle-Aquitaine oferecerá bolsas para estudantes não europeus interessados em cursar o Master 2 na região. Aos selecionados, serão oferecidos 6.000 euros anuais não renováveis e não cumulativos com outros benefícios oferecidos pela região.

Pode candidatar-se à bolsa qualquer estudante que esteja indo cursar Master 2 em uma instituição de ensino superior elegível ao benefício. O curso deve ter uma duração mínima de 25 semanas. As inscrições devem ser feitas junto às instituições, por volta do mês de janeiro anterior ao ano letivo que o estudante pretende cursar.

MaMaSELF – Master com bolsas exclusivas para brasileiros

Tendo como base a parceria de seis universidades europeias, incluindo a Université de Rennes 1 e a Université de Montpellier, o MaMaSELF é um Master em ciência de materiais com caráter multidisciplinar e internacional

ao candidatarem-se para fazer esse mestrado, os alunos podem optar por concorrer a bolsas no valor de 43.000 euros. Para o ano letivo 2020, existe ainda uma novidade: bolsas específicas para brasileiros. Para mais informações sobre o programa MaMaSELF, você pode acessar o site da formação ou entrar em contato diretamente com a Université de Rennes 1, através do email christiane.cloarec@univ-rennes1.fr.

Bolsa Victor Hugo

As inscrições para a Bolsa Victor Hugo abrem geralmente em janeiro, indo até março. Esse programa é voltado para estudantes latino-americanos, que pretendem realizar mestrado na Université de Franche-Comté (UFC). Com duração de 12 meses, ela garante o pagamento de taxas de matrícula, quarto em uma residência universitária, conexão à internet e duas refeições por dia em um restaurante universitário.

Os candidatos devem estar matriculados em uma das universidades parceiras da UFC. São elegíveis, portanto, todos os estudantes de graduação que se formaram ou se formarão nesse período, bem como estudantes de mestrado.

Bolsa Émile Boutmy

O programa de bolsas Émile Boutmy é destinado a estudantes estrangeiros que desejam seguir cursos de graduação e pós-graduação na Sciences Po, um dos mais respeitados centros de estudos sociais e políticos do mundo. O processo de candidaturas é feito online. Para o Master as inscrições foram até o dia 15 de dezembro, já para a graduação é necessário realizar o pedido de bolsa conjuntamente à candidatura. Devem ser anexados documentos de comprovação de renda e certificados de proficiência do idioma.

As bolsas de graduação variam entre 3 mil e 12,3 mil euros por ano, podendo chegar excepcionalmente a 19 mil euros pelos três anos de formação. Para o mestrado, a bolsa pode ir de 5 mil a 10 mil euros por ano.

Bolsa Eiffel

Promovida pelo governo francês, a Bolsa Eiffel se tornou um dos programas mais buscados pelos estrangeiros. O auxílio chega a 1.181 euros para o Master e de 1.400 euros para o Doutorado. Podem concorrer, alunos dos cursos de direito, economia e gestão, ciências políticas e engenharia.

O processo seletivo de 2020 está aberto e será encerrado no dia 9 de janeiro, data limite para que as universidades enviem a candidatura. Os candidatos tem até lá para apresentar sua candidatura juntamente com a instituição escolhida. O procedimento de inscrição é controlado pela universidade e pelo Campus France de Paris.

 

Atenção: os editais de bolsa de estudos nas universidades francesas, geralmente exigem proficiência em língua francesa. Aproveite para se programar e fazer um dos exames oficiais na Aliança Francesa. Veja o calendário de exames 2020!

 

 

LEIA MAIS: